Clientes e Parceiros de trabalho, fazem a nossa história!

Samba de Rainha

SAMBA DE RAINHA

UM CONVITE À ALEGRIA por Patricia Palumbo

Foi na casa de Tia Ciata que se ouviu pela primeira vez o lendário samba Pelo Telefone; Ataulfo Alves não vivia sem as suas Pastoras; Aracy de Almeida foi a favorita de Noel Rosa; Elizeth Cardoso, a Divina, se esbaldava de dançar samba no Carnaval; Nara Leão apresentou Zé Ketti para a Zona Sul; Dona Ivone Lara em 1965 foi a primeira mulher a fazer parte de uma ala de compositores; Dona Zica foi musa eterna de Cartola; Clara Nunes ganhou o Brasil em 1968 com Você Passa eu Acho Graça”, um samba da parceria improvável entre Ataulfo Alves e Carlos Imperial; Beth Carvalho trouxe dos pagodes de Cacique de Ramos o banjo com afinação de cavaquinho.

Dá pra escrever um tratado sobre a importância, o papel, a diferença que as mulheres fazem na história do samba. Não faltam exemplos. Compositoras, cantoras, musas, e hoje em dia instrumentistas, mesmo que ainda raras. Na época de Tia Ciata um homem podia ser preso se tivesse um pandeiro na mão nas ruas do Rio de Janeiro. Imaginem o Samba de Rainha na Praça Onze! Ia dar trabalho explicar um “conjunto regional” só de mulheres.

Mas o que mais me espanta é ver que o Samba de Rainha ainda é uma exceção.  Temos muitas cantoras que se dedicam ao samba, mas são poucas as que abraçam um violão, uma cuíca, um surdo, um cavaco.  No Samba de Rainha todas elas tocam, cantam e compõem. Fazem a festa e convidam pra dançar.

Essas mulheres do Samba de Rainha estão aí para contrariar a regra! E não é por acaso. As sete integrantes têm em comum uma pegada forte no jeito de tocar, resultado da empolgação com o trabalho e do encontro das influências mais diversas: samba de roda, canção popular, Rolling Stones, Benito Di Paula e Roberto Carlos, só pra citar algumas.

Geraldo Pereira, que fez “Falsa Baiana” pra mulher de um amigo que vinha tira-lo das rodas da madrugada, ficaria feliz de ver como o Samba de Rainha deixa a moçada com água na boca. Ouvir o Samba de Rainha é ouvir um convite para a celebração, para a festa, para a alegria.

Essas meninas sambam, e se você fecha o olho, as meninas ainda sambam.Vamos?

Quer saber como contratar?
Preencha o formulário para receber mais informações.